Retrospectiva da década 2010-2019 na Biblioteconomia

Todas as retrospectivas que acompanhei esses dias relatam a sensação de se ter vivido muito mais que dez anos no período 2010-2019. Sem dúvida, houve grandes eventos e acontecimentos em diversas áreas. E na Biblioteconomia não foi diferente. Esta retrospectiva contou com a participação de Pedro Andretta, Ronaldo F. Araújo e Bruna Lessa, a quem … Ler mais

Grandes acontecimentos da década 2010-2019 na Biblioteconomia

Ao final da década, o Mundo Bibliotecário lança a enquete sobre os “Grandes acontecimentos da década 2010-2019 na Biblioteconomia”. São válidos tanto fatos nacionais como internacionais. Participe deixando seu comentário neste post, no Facebook ou no Twitter! As respostas serão recebidas até o dia 30 de dezembro e publicadas no dia 31.

Reflexões sobre livros

Por João Cristofolini Escrevi esse texto no grupo do ResumoCast recentemente e compartilho agora com todos vocês. Algumas reflexões minhas sobre livros: (se preferir, pode ouvir o áudio desse texto aqui). – O melhor livro que li pode não ser o melhor para você: Cuidado em querer buscar sempre qual o melhor livro ou indicação … Ler mais

O livro não nasce livro, torna-se livro

O título deste post é uma paráfrase da frase de Simone de Beauvoir que tornou-se popular no ano passado por ter sido objeto de uma questão do ENEM. A inspiração para o texto, no entanto, veio do artigo “The Philosophy of Language and Knowledge Organization in the 1930s: Pragmatics of Wittgenstein and Ranganathan”, de Gustavo Silva Saldanha, pesquisador … Ler mais

Os 10 mitos da informação (10)

10. People make easy, conflict-free connections between external information and their internal reality. We tend to assume an ordered universe, in which connections exist between the internal and external. In our research, we tend to ask “what” and “how” rather than “why”. We ask what people read or view, rather than why they do so. We … Ler mais

Os 10 mitos da informação (8)

8. Functional units of information, such as books or television programs, always fit the needs of individuals. Information systems as libraries or broadcasters define themselves in terms of their units of storage or production: in the case of the libraries, these are books, journals, audiovisual materials, or websites; in the case of the broadcasters, it is … Ler mais

Os 10 mitos da informação (7)

7. It is always possible to make information available or accessible. Formal information systems are limited in what they can accomplish, at least where the vague, ambiguous, and constantly changing needs of the public concerned. People will continue to come up with their own unique, unpredictable questions without resorting to formal systems. É interessante pensar nesse … Ler mais

Os 10 mitos da informação (6)

6. Every need situation has a solution. Institutions such as libraries, medical clinics, and social service agencies are focused on finding solutions to problems. To do so they attempt to map what the client says – the words they use – onto the resources and responses of their systems. But sometimes the client is looking … Ler mais