Biblioteca Pública põe no ar nova edição do projeto Era Uma Zine

Já está no ar mais uma edição do projeto Era Uma Zine, desenvolvido pela Biblioteca Pública do Paraná para atender o público infantil de forma remota durante a quarentena. Nesta semana, o fanzine eletrônico gratuito apresenta a segunda parte da série sobre as urgências do mundo atual.

As pequenas necessidades (da casa, da sociedade, do homem e do mundo) são o tema deste número, que traz uma prática para refletir sobre o tempo e a natureza e propõe aos leitores o desafio Inktober — que consiste em fazer um desenho por dia seguindo temas predefinidos. Baixe aqui.

A Biblioteca segue a orientação do Governo do Estado para o enfrentamento ao coronavírus e está fechada por tempo indeterminado.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Biblioteca Pública põe no ar nova edição do projeto Era Uma Zine
Disponível em: http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=109237. Acesso em: 17 out. 2020.

Exposição celebra os 80 Anos da Biblioteca Pública Castro Alves, de Bento

Exposição celebra os 80 Anos da Biblioteca Pública Castro Alves, de Bento Hélio Alexandre/Divulgação

Foto: Hélio Alexandre/Divulgação

 

Siliane Vieira

Siliane Vieira

siliane.vieira@pioneiro.com

 

A foto acima demonstra a mistura entre tradição e novidade que caracteriza a Biblioteca Castro Alves, de Bento Gonçalves. Comemorando 80 anos em 2020, a instituição também é a primeira do Estado a oferecer um acervo virtual gratuito ao público. A trajetória da biblioteca também é tema da Feira do Livro da cidade, que ocorre até este domingo (18). Uma das atrações da programação é a exposição 80 Anos da Biblioteca Pública Castro Alves, com a curadoria de Cristine Tedesco.

A mostra integra documentos antigos que celebram a longevidade da biblioteca. Entre eles estão até mesmo os orçamentos de compras dos primeiros mobiliários e as notas de aquisição dos primeiros livros do acervo. Além disso, serão expostos alguns cartazes de divulgação das primeiras Feiras do Livro do município, obras raras do acervo de coleções especiais da biblioteca e imagens do acervo visual.

A exposição pode ser conferida no Salão Nobre da prefeitura até o dia 30.

Disponível em: http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/cultura-e-tendencias/3por4/noticia/2020/10/exposicao-celebra-os-80-anos-da-biblioteca-publica-castro-alves-de-bento-14232491.html. Acesso em: 17 out. 2020.

14ª Semana de Biblioteconomia ECA-USP

Fonte: Unsplash

A Semana de Biblioteconomia da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo é um evento organizado por alunos do curso de Biblioteconomia da ECA/USP, sob a orientação dos docentes Profª Drª Cibele Araujo Camargo Marques dos Santos e Profº Dr. Rogério Mugnaini e com o apoio do Departamento de Informação e Cultura (CBD).

Esta edição de 2020 será um pouco diferente, pois será totalmente online através de nossas redes. Mas serão promovidas palestras, debates e relatos de experiência com professores, profissionais convidados e ex-alunos do próprio curso – no BiblioLab, que segue o modelo do TED (Technology, Entertaiment e Design).

As atividades ocorrerão de 19 a 23 de outubro de 2020.

***

Faça sua inscrição e consulte a programação no site da Semana!

Bom evento!

Unesp realiza Semana do Livro com atividades gratuitas online

Programação começa nesta segunda-feira (5) e vai até dia 9. Também estão abertas as inscrições para o Prêmio São Paulo de Literatura; veja como participar.

Por G1 Bauru e Marília

03/10/2020 12h16  Atualizado há um dia

Unesp realiza 'Semana do Livro' com atividades gratuitas online — Foto: Reprodução/TV TEM
Unesp realiza ‘Semana do Livro’ com atividades gratuitas online — Foto: Reprodução/TV TEM

A rede de bibliotecas da Unesp está organizando a Semana do Livro, repleta de atividades gratuitas que vão ser disponibilizadas de forma online.

Todos os anos, as bibliotecas realizam a Semana Nacional do Livro com programação presencial em suas unidades. Desta vez, durante a pandemia de coronavírus, a semana será conjunta e com atividades remotas.

O evento começa nesta segunda-feira (5) e segue até sexta-feira (9). As atividades incluem gincana literária, torneio online de xadrez e hora do conto. A programação completa pode ser acessada no site da Unesp.

Prêmio de Literatura

Prêmio São Paulo de Literatura está com inscrições abertas; Unesp promove Semana do Livro
Prêmio São Paulo de Literatura está com inscrições abertas; Unesp promove Semana do Livro

Prêmio São Paulo de Literatura está com inscrições abertas; Unesp promove Semana do Livro

Também estão abertas as inscrições para a 13ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura, organizado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do estado de São Paulo. Os autores dos melhores romances de ficção irão receber um prêmio de R$ 200 mil.

Criado em 2008, o prêmio tem como objetivo estimular a produção literária de qualidade, valorizar o setor e favorecer a formação de leitores e escritores, reconhecendo grandes nomes e também novos talentos.

As inscrições podem ser feitas até as 18h de quinta-feira (8). As obras devem ser do gênero romance de ficção, escritas originalmente em português e ter sua primeira edição e impressão no Brasil em 2019.

Na categoria “melhor livro do ano”, poderão se inscrever autores que já publicaram romances anteriormente. Já na categoria “melhor romance de ficção de estreia do ano de 2020”, os escritores podem ter obras publicadas em outros gêneros, desde que o livro inscrito seja o seu primeiro romance de ficção.

Os finalistas serão anunciados até a primeira quinzena de dezembro. O edital está disponível no site do programa e os candidatos podem inscrever suas obras nos seguintes links:

Adolescentes baianas criam cabine para desinfectar livros e recebem prêmio em competição nacional de robótica

Estudantes criaram a proposta depois de perceberam que livros de bibliotecas deveriam ficar em ‘quarentena’ por 14 dias para novo empréstimo, por causa da Covid-19.

Por G1 BA

26/09/2020 06h45  Atualizado há 4 dias

Cabine para desinfecção de livros — Foto: Arquivo Pessoal
Cabine para desinfecção de livros — Foto: Arquivo Pessoal

Um grupo de estudantes de Candeias, região metropolitana de Salvador, foi uma das equipes premiadas no Desafio SESI de Robótica Covid-19. O objetivo era apresentar propostas inovadoras para o combate à doença e as jovens desenvolveram uma cabine de desinfecção de livros para bibliotecas.

O projeto de Ana Clara Freitas (13 anos), Jade Santos (13 anos), Natália Jesus (14 anos) e Wililane Barbosa (15 anos), que formaram a equipe “Robolife”, ficou entre os 39 melhores, dentre mais de 400 projetos enviados para o concurso. A proposta delas foi eleita a melhor na categoria “Pesquisa”. Elas são estudantes do 9º ano do ensino fundamental.

A ideia das jovens surgiu ao perceberem que livros de bibliotecas tem de passar por uma “quarentena” de catorze dias antes de ser emprestado novamente para outra pessoa. A medida adotada é para evitar a propagação do novo coronavírus.

Baianas foram premiadas em desafio de robótica por projeto de desinfecção de livros — Foto: Divulgação / SESI Bahia
Baianas foram premiadas em desafio de robótica por projeto de desinfecção de livros — Foto: Divulgação / SESI Bahia

No entanto, este procedimento atrasa a circulação dos livros. Por isso, as meninas idealizaram uma cabine que utiliza o ozônio como agente desinfetante. A invenção permite que os livros sejam disponibilizados, depois de apenas alguns minutos, sem colocar em risco os profissionais das bibliotecas e os leitores.

Sobre as expectativas com relação ao concurso, as jovens contam que acreditavam no potencial do projeto mas ficaram surpresas com o primeiro lugar da categoria.

“A gente estava um pouco confiante, sabíamos que o projeto estava bem elaborado, mas quase não acreditamos quando nossa equipe foi anunciada como vencedora”, disse Natália.

Desafio de robótica

O desafio SESI de Robótica Covid-19 propôs que os estudantes do 9º ano de toda a rede SESI elaborassem soluções pensadas por eles que pudessem ser aplicadas no dia a dia para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Todos os participantes da competição tiveram menos de dois meses para apresentar os projetos e os protótipos.

A premiação aconteceu na quinta-feira (24), durante a solenidade realizada virtualmente para todo o país pelo SESI nacional. A próxima etapa é tornar os projetos públicos, para que empresas e instituições interessadas possam investir, caso haja interesse.

Disponível em: https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2020/09/26/baianas-criam-cabine-para-desinfectar-de-livros-e-recebem-premio-em-competicao-nacional-de-robotica.ghtml. Acesso em: 1 out. 2020.

Os 8 Melhores Aplicativos de Audiolivro

Hoje em dia, tirar um tempo livre para ler um livro extenso pode ser extremamente difícil, ainda mais por conta das rotinas corriqueiras do cotidiano. Além disso, nem sempre temos paciência para parar e ler, página por página, de algum livro de romance ou algum um pouco mais técnico. 

Foi graças aos audiolivros que diversas pessoas puderam ter acesso a muitos conteúdos restritos à leitura, a fim de aumentarem sua bagagem de conhecimento, enquanto administravam sua rotina. E pensando nisso, a gente organizou para você uma listinha bem legal de aplicativos de audiobooks para facilitar o seu dia.

Confira abaixo alguns deles, que vão desde apps disponíveis através de assinaturas mensais, até outros que possuem total gratuidade ao acesso!

Os Melhores Aplicativos de Audiolivros

1. Toca Livros

toca livros

Para começar a nossa lista de aplicativos de audiobooks, vamos falar sobre o Tocalivros, um app totalmente brasileiro com uma enorme variedade de títulos para você escutar offline de onde quiser. 

Ouça desde romances e livros de negócios até livros infantis com uma narração humana, interpretada por artistas, locutores, narradores profissionais ou com a voz dos próprios autores! Sendo todas as gravações revisadas, com atenção à dicção, além da implementação de músicas de fundo e efeitos sonoros para ampliar sua experiência!

E para melhorar ainda mais, no Tocalivros você pode escutar seu audiobook offline, bem como fazer anotações ou escolher a velocidade da narração, tudo de forma muito rápida e super intuitiva para o usuário. 

O app conta com audiolivros gratuitos, mas para o acesso de todas as obras é necessário assinar o plano mensal do próprio aplicativo. 

Apple Store
Google Play

2. Ubook

ubook

Ouça livros a caminho do trabalho, enquanto dirige, na academia ou enquanto aguarda na fila, com a companhia do seu livro favorito. O Ubook é um aplicativo de audiolivros que reúne cultura e entretenimento em um único lugar!

Com mais de 250 mil conteúdos em seu catálogo, este aplicativo conta também com livros, revistas e podcasts à disposição do usuário através de áudios profissionais, com voz de atores, narradores, celebridades e até mesmo dos autores. 

O Ubook possui um período grátis de 7 dias, onde todos os recursos são disponibilizados através do assinante premium.

  • Modo Offline para ouvir onde e como desejar;
  • Mais de 300 mil títulos, desde best-sellers a livros estrangeiros;
  • Plataforma Kids para os pequenos;
  • Dados armazenados em conta para continuar de onde parou.
Apple Store
Google Play

3. 12Min

12 min

Este com certeza é um aplicativo bem bacana para quem sempre quis ler aquele livro da estante mas nunca lhe sobrou tempo. O app 12Min possui uma temática voltada a audiolivros, mas focaliza totalmente em resumos de ebooks, bem como best-sellers ou livros diversos. 

Através de um estudo bem aprofundado, o aplicativo reúne microbooks de inúmeros títulos, todos concebidos através de diversas leituras, com reuniões de times especializados que sumarizam os conceitos e dispõem as ideias mais importantes do livro.

Equipe seus fones de ouvido e ouça aquele livro que sempre quis ler em apenas 12 minutos! Expanda seu conhecimento e maximize seus conceitos com este aplicativo super intuitivo, contando também com disponibilidade offline, para ouvir tudo de onde quiser!

12Min está disponível para download e conta com um acervo bem considerável de títulos gratuitos, como também 3 dias de acesso ilimitado ao cadastrar, e versão paga com o pacote anual do app.

Apple Store
Google Play

4. Saraiva

saraiva

Outro aplicativo que também mergulha em audiolivros é o app da Saraiva, uma das maiores redes de livraria do Brasil! Nele você pode escutar o seu livro favorito de onde quiser, através da sua disponibilidade offline, tudo isso com vozes de narradores, atores e locutores, oferecendo uma incrível experiência para o usuário. 

Além de milhares de livros disponíveis, o aplicativo de audiobooks da Saraiva também oferece um leque enorme com edições de revistas atualizadas, como Exame, Superinteressante, Veja e muitas outras. Tudo isso através de áudios! 

Saraiva audiobook tem conteúdos gratuitos, bem como um enorme catálogo através da sua assinatura mensal. E este app ainda vem com:

  • Reprodução em background, para ouvir audiobooks e outros apps simultaneamente; 
  • Marcações em capítulos para escutar de onde parou;
  • Enorme variedade, desde Best Sellers a Clássicos da Literatura;
  • Vozes profissionais com perfeita dicção;
  • Qualidade de som excepcional.
Apple Store
Google Play

5. Auti Books

auti books

Mais um aplicativo que merece entrar para a nossa lista de apps de audiolivros é o Auti Books. Este aplicativo, além de também possuir uma enorme quantidade de livros em seu acervo, possui um recurso muito interessante de colaboração filantrópica a cada livro adquirido.

Pensando em aumentar o alcance de pessoas a audiobooks, o Auti Books possui um programa de ação 1 pra 10. A cada 10 audiobooks comprados, o aplicativo doa um livro para quem não tem oportunidade de ler algum livro. Essa medida incentiva ainda mais a colaboração e ajuda a disseminar a educação e cultura no país.

Autibooks é um aplicativo de audiolivro que não possui assinatura para o acesso, mas cada um dos títulos possui um preço de aquisição. Desfrute desde romances, biografias e poesias até aventuras e empreendedorismo, narrado por alguma das melhores vozes do Brasil!

Apple Store
Google Play

6.  LibriVox

librivox

Ouça agora mesmo do seu smartphone audiobooks em português, com literaturas clássicas; bem como livros em inglês para o treinamento do seu vocabulário. Librivox é um aplicativo totalmente gratuito, com áudios disponibilizados por voluntários, sem custo!

Apesar de possuir uma biblioteca enorme de audiolivros em inglês, o Librivox possui também narrações de obras da literatura brasileira, todas baseadas em domínio público, não possuindo livros best-sellers e lançamentos da atualidade.

A interface do app é simples e bem intuitiva, possuindo catálogos dividos em autores, gêneros, listas ou novidades. E antes de toda narração, você pode ler um resumo do livro, bem como avaliá-lo de acordo com suas notas e desempenhos. 

Apple Store
Google Play

7. Amazon Kindle

amazon kindle

E claro que não podia faltar o grande aplicativo da Amazon, que disponibiliza além de audiolivros prontos para compra, um recurso de leitor de ebooks aos adquiridos dentro da Amazon. 

O Amazon Kindle possui um sistema de ebooks em PDF, como também uma variedade considerável de áudios disponíveis. Se você preferir, o app possui também compatibilidade com assistentes virtuais que oferecem a leitura em áudio, bem como comandos de voz para mudar de página, e realizar anotações. 

O aplicativo Amazon Kindle ainda vem com:

  • Personalização de tamanho do texto, brilho da tela, cor de fundo e modo retrato ou paisagem de leitura;
  • Diversos ebooks com audiolivros gratuitos;
  • Continuação de leitura em diversos dispositivos;
  • Dicionário embutido.
Apple Store
Google Play

8. Storytel

storytel

Para finalizar nossa lista de aplicativos de audiobooks, apresentamos a você o Storytel. Neste app você encontra um enorme acervo de áudios, desde romances inesquecíveis a biografias emocionantes. 

O Storytel busca para você novas histórias favoritas através de recomendações pessoais, oferecendo um maior conhecimento de títulos e obras nunca antes conhecidas. Storytel disponibiliza para você diversos audiolivros gratuitamente, embora também possua uma assinatura mensal para maior disponibilidade de recursos. Confira alguns deles:

  • Download de audiolivros que preferir;
  • Possibilidade de alternar entre ler e ouvir;
  • Ajuste de velocidade da audição;
  • Definir favoritos e fazer anotações;
  • Modo Kids para as crianças;
  • Compartilhe suas recomendações com amigos;
  • Soneca predefinida com função sleep.
Apple Store
Google Play


Curtiu a nossa lista? Conta pra gente qual o seu preferido! E não vai embora ainda, porque temos também uma lista de Melhores Aplicativos de Carona para o seu smartphone. Confira!

Autor do texto: Clerson Klaumann Junior, Especialista em tecnologia da Cissa Magazine

Disponível em: https://www.cissamagazine.com.br/melhores-aplicativos-audiolivro. Acesso em: 30 set. 2020.

Museus e bibliotecas reabrem gradativamente em Sorocaba a partir de segunda-feira

Espaços deverão funcionar em horário reduzido e com 40% da capacidade total. Visitantes deverão usar máscaras e respeitar o distanciamento social.

Por G1 Sorocaba e Jundiaí

30/09/2020 13h12  Atualizado há 8 horas

Museus e bibliotecas reabrem gradativamente em Sorocaba a partir de segunda-feira — Foto: Divulgação/Prefeitura de Sorocaba
Museus e bibliotecas reabrem gradativamente em Sorocaba a partir de segunda-feira — Foto: Divulgação/Prefeitura de Sorocaba

Os museus e bibliotecas de Sorocaba (SP) serão reabertos gradativamente a partir da semana que vem. O retorno foi autorizado pela Secretaria da Cultura nesta quarta-feira (30).

De acordo com a prefeitura, os primeiros espaços a retomarem os serviços na cidade serão a Biblioteca Municipal e a Biblioteca Infantil Municipal, na próxima segunda-feira (5).

A Casa de Aluísio de Almeida e o Museu da Estrada de Ferro Sorocabana reabrirão à população no dia 19 de outubro, enquanto a biblioteca do CEU das Artes e o Museu Histórico Sorocabano retornarão em 3 de novembro.

Já a Casa 52, Gabinete da Secretaria da Cultura, continuará atendendo mediante agendamento prévio.

Segundo a prefeitura, os locais deverão funcionar em horário reduzido, das 10h às 16h, e com 40% da capacidade total, no máximo. Os visitantes deverão obrigatoriamente usar máscaras e respeitar o distanciamento social dentro dos espaços.

Disponível em: https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/noticia/2020/09/30/museus-e-bibliotecas-reabrem-gradativamente-em-sorocaba-a-partir-de-segunda-feira.ghtml. Acesso em: 30 set. 2020.

20 Dicas para pesquisar no Google como um especialista

Escrito por Rodrigo Souto

Atualização: Este post foi atualizado com novas dicas.

Você deve usar o Google muitas vezes por dia, certo? Mas as chances são — a menos que você seja um geek em tecnologia — de que você ainda use o buscador em sua forma mais simples, sem aproveitar todas as possibilidades.

Se o seu uso atual da ferramenta é limitado a digitar algumas palavras, mudando a sua busca até encontrar o que está procurando, este artigo veio para lhe dizer que há uma maneira melhor de como pesquisar no Google — e não é nada difícil de aprender.

Mesmo que já consiga usar o Google como um especialista, sugerimos que você leia este post com atenção. Assim, você terá as dicas em mãos quando precisar ajudar um colega, por exemplo. Para auxiliar ainda mais, saiba que existem extensões e atalhos de teclado que podem ser usados no navegador e nas suas buscas.

As dicas que trazemos aqui sobre como pesquisar no Google são baseadas em minha própria experiência e em pontos que considero muito úteis. Afinal, estamos falando de um buscador com muitas possibilidades. Vamos começar?

1. Pesquise com frases explícitas

Digamos que você esteja procurando por conteúdo sobre Inbound Marketing. Em vez de simplesmente digitar o termo Inbound Marketing na barra do Google, provavelmente será melhor para você pesquisar explicitamente pela frase. Para fazer isso, basta colocar a pesquisa dentro de aspas duplas.

Exemplo de busca: “Inbound Marketing”

Veja a diferença: quando não usa aspas, o Google lhe dá aproximadamente 70 milhões de resultados, que provavelmente não sejam tão relevantes para você.

Porém, quando você procura “Inbound Marketing”, as opções reduzem para cerca de 16 milhões de resultados. Ainda é muito acima, mas os primeiros serão mais específicos sobre o que está procurando, pelo menos.

busca-especifica-no-google-2.png

2. Exclua palavras

Agora, supondo que deseje buscar por conteúdos sobre Inbound Marketing, mas queira excluir todos os resultados que contenham o termo “publicidade”. Como pesquisar no Google? Basta usar o sinal  na frente da palavra que você quer excluir.

Exemplo de busca: inbound marketing – publicidade

Mais uma vez, veja a diferença na quantidade de resultados. Com certeza, isso vai poupar muitos resultados que não seriam úteis para o que procura. O algoritmo do Google já é capaz de entender o que você quer pesquisar, uma vez que ele compreende a semântica. Dessa forma, você pode até mesmo errar algumas letras de uma palavra que ele entenderá a sua pesquisa.

busca-especifica-no-google-2.png
busca-especifica-no-google-3

3. Faça pesquisas para um site específico

É comum querer pesquisar um site específico para o conteúdo que corresponde a uma determinada frase. Mesmo que ele não suporte um recurso de busca, você pode aprender como pesquisar no Google para buscar o conteúdo do site e achar o que está tentando encontrar de fato. Basta usar o modificador “site:somesite.com”.

Exemplo de busca: “SEO” site:br.hubspot.com

Todos os resultados são do blog da HubSpot, o que ajuda muito se você já sabe qual site vai poder lhe dar a informação que deseja ou se está procurando todo o conteúdo sobre um tema em um site específico.

4. Encontre arquivos específicos

Se estiver procurando resultados que são de um tipo de arquivo específico, você pode usar o modificador “filetype:”. Por exemplo, você pode querer encontrar apenas apresentações em PowerPoint relacionadas ao Inbound Marketing.

Exemplo de pesquisa: “inbound marketing” filetype:ppt

Como você pode ver, o “PPT” ao lado do título de resultado indica que é uma apresentação de PowerPoint — neste caso, já que procuramos especificamente por isso, todos os resultados são apresentações de PowerPoint.

5. Use símbolo Ticker/ações

Basta digitar um símbolo ticker válido como o seu termo de pesquisa, e o Google vai lhe dar as finanças atuais e um rápido gráfico em miniatura para a ação.

Exemplo de busca: GOOG

Deste jeito você pode ver as finanças do dia da pesquisa e também de 5 dias, 1 mês, 3 meses e por ai vai.

buscar-financas-no-google.png

6) Calculadora

A próxima vez que você precisar fazer um cálculo rápido, em vez de pegar o aplicativo de cálculos, você pode simplesmente digitar a expressão no Google

Exemplo de busca: 48512 * 1.02

Esta ferramenta ajuda muito quando você não tem uma calculadora por perto e quer calcular algo rapidinho, também funciona para contas mais complexas porque têm muitas funções.

usar-a-calculadora-do-google.png

7. Comparar os preços

A ferramenta já está tão avançada que tem diversos recursos que ajudam a facilitar suas buscas. Um deles — e que é bem útil para quem gosta de fazer compras online — é o Google Shopping. Se pesquisar por determinado produto, você verá que, do lado direito da tela, aparecerá um box com as opções do item em diversas lojas.

Com essa função, fica mais fácil analisar e comparar os preços sem nem precisar clicar em cada um dos links. Além disso, há uma aba específica para que você veja mais resultados e compare as ofertas.

Exemplo de busca: se quer comprar um tênis de corrida feminino, é só jogar o termo no campo de busca e ver os resultados que vão surgindo.

8) Definições de palavras

Se você precisa procurar rapidamente a definição de uma palavra ou frase, basta usar o comando “define:”. 

Exemplo de busca: define:Inbound Marketing

Se você procura uma definição ela vai aparecer em um quadradinho como esse de baixo, geralmente as definições utilizadas são as do Wikipedia.

definicoes-no-google.png

9. Opte por isso OU aquilo

Como padrão, ao conduzir uma pesquisa, o Google incluirá todos os termos especificados na pesquisa. Se estiver procurando por qualquer um dos termos, então você pode usar o operador OR — “OR”, termo em inglês para “ou”, precisa sempre ser escrito com letras maiúsculas.

Exemplo de pesquisa: inbound marketing OR publicidade

Dessa forma, você verá os resultados e entenderá as diferenças entre os termos de uma maneira clara.

10. Coloque palavras específicas do título

Quer encontrar uma página com certas palavras contidas no título, mas não necessariamente uma ao lado da outra? Digite allintitle:seguido imediatamente das palavras ou frases.

Exemplo de pesquisa: allintitle:clube vinho

Esse é um recurso que todo mundo precisa conhecer! Afinal, muitas vezes pensamos conhecer como pesquisar no Google, então corremos para tentar encontrar algo que nem sempre sabemos todos os termos para realizar a busca. Desse modo, a pesquisa é facilitada e você terá mais chances de achar o que estava procurando.

10) Pesquisa relacionada

Se quiser encontrar novos websites com conteúdo similar para um website que você já conhece, use o modificador related:algumsite.com.

Exemplo de pesquisa: related:visual.ly

google_related

11. Aposte na busca de imagens

Essa é uma funcionalidade bem útil se você procura saber a origem de alguma imagem, sobretudo, se há dúvidas sobre os direitos autorais — ou caso exista uma curiosidade específica sobre ela. Para utilizar uma imagem e realizar a busca, o processo é muito simples.

Exemplo de busca no computador: acesse a página do Imagens do Google. Clique no ícone de câmera, selecione a imagem ou cole a URL da imagem e deixe que o buscador faça o serviço. Existem algumas pequenas diferenças para busca em smartphones, mas o Google tem uma página de ajuda para isso. Outra opção é o Google Lens.

Além disso, o Google mostrará imagens semelhantes e links em que a mesma foto está sendo usada.

12. Conheça a previsão do tempo

Como pesquisar no Google o clima em qualquer cidade do mundo? O buscador pode mostrar isso em um único clique! É possível saber a temperatura atual e até como serão os próximos dias, se haverá chuva e os horários em que isso pode acontecer, entre outras informações meteorológicas.

Exemplo de busca: digite “temperatura” no campo de buscas e veja como estará o tempo na cidade em que você está.

Caso precise saber a temperatura em outra localidade, é só escrever o nome do local junto. Nesse caso, por exemplo, “temperatura Rio de Janeiro”.

13. Faça uma pesquisa relacionada

Se quiser encontrar novos websites com conteúdo similar para um site que você já conhece, use o modificador related:algumsite.com.

Exemplo de pesquisa: related:visual.ly

Isso fará com que o buscador mostre todos os sites parecidos. Sabemos que, ao realizarmos uma pesquisa, aparecem resultados similares. Só que dessa forma você aprende como pesquisar no Google para encontrar páginas mais próximas do que procura.

14. Aperfeiçoe a busca das palavras perdidas

Esqueceu-se de uma palavra ou duas de uma frase específica, letra de música, citação de filme, ou outra coisa? Usar um asterisco “*” como curinga poderá ajudá-lo a encontrar a palavra perdida em uma frase.

Exemplo de pesquisa: quem semeia ventos, “*” tempestades

15. Consiga traduções

Quer traduzir uma palavra simples ou frase de uma língua para outra? Não é necessário ir a um website de tradução. Basta procurar translate [palavra] to [língua] ou fazer isso em português, como está abaixo:

Exemplo: traduzir “amor” para inglês

Você também pode ir diretamente na aba do tradutor para escolher outras línguas, o que facilita bastante o processo e até a tradução de sentenças maiores.

16. Faça a conversão de medidas e moedas

Há tantos formatos de medidas que isso até causa confusão, não é? Mas o Google está aí para nos ajudar na conversão de uma grande variedade de dados. A ferramenta disponibiliza conversões de diversas unidades de medida.

É possível converter metros em milhas, centímetros em polegadas, moedas na cotação de câmbio atual e muito mais. Como o recurso dá uma base do valor, é indicado procurar por uma casa de câmbio para ter certeza.

Exemplo de busca: digite “200 euros” e, automaticamente, aparecerá o valor em reais. Também é possível fazer o caminho inverso. No caso, digite “200 reais em euros” e veja o resultado aproximado.

Já para utilizar o conversor de medidas o esquema é o mesmo, mas você apenas altera os valores e o tipo de unidade de medida que quer buscar, como “100 metros em milhas”.

17. Use timer e cronômetro

Não tem um timer em mãos? Se você sabe como pesquisar no Google, ele cuida disso para você. Basta digitar qualquer valor de tempo + a palavra “timer”, e a contagem automática começará automaticamente.

Exemplo de pesquisa: 20 min timer

Qualquer smartphone conta com aplicativos que têm essas funções, mas talvez demore um pouco para achar, como nem sempre os utilizamos. Assim, essa função do Google é uma mão na roda quando precisamos de um cronômetro ou timer com urgência.

18. Conheça o status de voo

Como pesquisar isso no Google? Se digitar a companhia aérea e o número do avião no buscador, ele dirá os dados do voo, o status e outras informações úteis — sem que você nem precise entrar em aplicativos ou no site da empresa para verificar os dados de determinado voo.

Exemplo de pesquisa: JJ 2091

google search

Lembrando que, assim como no conversor de moedas, os resultados nem sempre são 100% confiáveis, pois as alterações podem ser feitas de um momento para outro e a atualização pode demorar mais um tempo. Por isso, se tiver dúvidas sobre o status do voo, é melhor entrar em contato com a companhia aérea.

19. Saiba os horários de cinema

Procurar por páginas específicas para saber onde e quando estará aquele filme que você quer tanto ver já ficou no passado. O próprio Google já mostra uma tabela com todos os horários das sessões do filme de acordo com o local em que está.

Exemplo de busca: cinema titanic são paulo

Se deseja ver as sessões de um cinema em específico, adicione o nome dele. Além disso, colocar o termo “horário” mostra resultados ainda mais precisos.

20. Use o placar de jogos

Sabe quando você não pode acompanhar aquele jogo importante ou quando já perdeu a partida e quer saber o resultado? O Google também será o lugar onde você buscará as respostas com apenas um clique.

Exemplo de busca: coloque apenas o nome do time e veja os últimos placares dos jogos que seu time do coração participou.

Os resultados aparecerão no topo das buscas, junto ao dia em que o jogo aconteceu. Também há abas em que você pode ver outras notícias sobre o clube, a classificação dele nos campeonatos e os jogadores.

Espero que esta lista de dicas de busca seja útil para suas futuras pesquisas e traga mais agilidade. São muitas funcionalidades que ajudam bastante no dia a dia, e há esses detalhes sobre como pesquisar no Google que muitos de nós desconhecemos, mas que ajudam na experiência do usuário.

Agora que você já conhece diversas maneiras de como pesquisar no Google, veja como conferir o desempenho, a classificação e como melhorar seu site em 2020!

Originalmente publicado 29/09/2020 11:46:00, atualizado Setembro 30 2020

Disponível em: https://br.hubspot.com/blog/marketing/7-dicas-para-pesquisar-no-google-como-um-especialista. Acesso em: 30 set. 2020.

Pela primeira vez, o Congresso da IFLA em 2021 será online

Este ano o Congresso da IFLA foi suspendo devido à pandemia. Porém, será retomado no ano que vem em formato online.

Este ano alguns eventos de maior porte já aconteceram nesse formato, como o BiblioOnline e o ABEC Meeting Live 2020. A ABEC Brasil, inclusive, está propondo uma alteração no seu estatuto para a realização de eventos online a ser votada pelos associados.

Resta saber quando as instituições da categoria profissional dos bibliotecários no Brasil vão entrar de vez na realização de eventos online, já que o SNBU, por exemplo, ainda será realizado presencialmente em 2021.


Novos formatos, novas oportunidades no Congresso Mundial de Biblioteca e Informações

HAIA, Holanda, 22 de setembro de 2020

Pela primeira vez para a IFLA, o Congresso Mundial de Biblioteca e Informação (WLIC) 2021 será realizado online, como parte de um esforço acelerado para desenvolver um formato novo e mais inclusivo para o evento mais internacional no calendário da biblioteca.

A pandemia COVID-19 causou e continua a causar grandes perturbações nas sociedades e economias em todo o mundo.

Diante disso, as bibliotecas têm demonstrado extraordinária resiliência e inventividade para continuar atendendo aos usuários. A IFLA está trabalhando para fazer o mesmo, com suporte online aprimorado para nossos membros e voluntários.

A pandemia também nos desafia a pensar novamente sobre como trabalhamos, tanto individual quanto coletivamente, no futuro.

Isso é particularmente verdadeiro em nosso planejamento para o Congresso Mundial de Biblioteca e Informação – o evento mais internacional do calendário de bibliotecas. Diante da incerteza contínua sobre a situação econômica, de saúde e de viagens em 2021, já parece claro que manter a rotina de negócios não é uma opção.

Isso não é, entretanto, motivo para parar, mas sim para acelerar nosso trabalho de criação de um novo modelo para o nosso Congresso, em linha com a Estratégia da IFLA .

Ao fazer isso, podemos também abordar as questões cada vez mais prementes da pegada de carbono associada à participação no Congresso e a dificuldade que sabemos que muitos enfrentam para comparecer pessoalmente, mesmo em tempos normais.

Como resultado, temos o prazer de anunciar que nosso Congresso de 2021 será realizado virtualmente, com o apoio bem-vindo do Comitê Nacional Holandês.

A conferência física planejada anteriormente em Rotterdam, Holanda, será transferida para 2023 e acontecerá em um formato híbrido online / presencial. Continuamos planejando uma conferência presencial em Dublin, Irlanda, em 2022, com um elemento online fortalecido.

Estes são tempos emocionantes – estamos construindo um novo tipo de WLIC, seguindo os mesmos princípios de transformação e inclusão que moldaram nossa Visão e Estratégia, e estão moldando nossa Revisão de Governança .   

Nosso objetivo é desenvolver um programa e formato que combine os melhores aspectos de nossas conferências tradicionais com as possibilidades que as ferramentas digitais trazem para incluir todos os membros de nossa área, em todo o mundo, de forma significativa.

Alcançar o sucesso exigirá o melhor de nossa criatividade e experiência. Estamos ansiosos para trabalhar com membros, voluntários e participantes para entregar isso.

Gerald Leitner
Secretário Geral da IFLA


O texto acima é uma tradução livre do original New Formats, New Opportunities at the World Library and Information Congress, publicado no site da IFLA.

Conheça dez livrarias de rua em um Brasil que lê cada vez menos

Durante a pandemia, lojas em SP atendem clientes pela janela e funcionam com horários agendados

SÃO PAULO

O Brasil lê cada vez menos. A redução no número de leitores foi apontada na última pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, iniciativa do Instituto Pró-Livro e do Itaú Cultural. Segundo os dados divulgados, o número de leitores –pessoas que leram um livro inteiro ou em partes nos últimos três meses– caiu de 56% para 52% desde a última edição, publicada em 2015.

Na contramão das estatísticas, São Paulo tem uma série de livrarias de rua que já podem ser visitadas.

Com a reabertura dos espaços comerciais e retomada das atividades, selecionamos abaixo dez espaços na capital paulista que se adaptaram aos protocolos de segurança para voltarem a funcionar —seja atendendo clientes pela janela, seja com agendamento de horário. Antes de fazer uma visita, ligue para se certificar do horário de funcionamento.

E podem vir outras livrarias por aí. No Copan, a Megafauna teve a reabertura atrasada por causa da pandemia, mas deve abrir suas portas em novembro. O bairro de Santa Cecília, que já conta com a Banca Tatuí e a Sala Tatuí, também vai ganhar um novo espaço em breve: a Livraria Gráfica.

Travessa abre a primeira loja de rua da rede em São Paulo – Danilo Verpa/Folhapress

Livraria Martins Fontes Paulista
Localizada no interior de uma galeria comercial, já está aberta ao público e permite acesso à loja e ao café, que atende a um número limitado de mesas. Os protocolos incluem obrigatoriedade do uso de máscaras, pontos com álcool em gel no interior da loja e higienização frequente do espaço.
Av. Paulista, 509, Bela Vista, região central, tel. (11) 2167-9900.


Livraria Simples
A casinha colorida que abriga a livraria está com as portas fechadas, mas mantém uma janela aberta para atender ao público —que não pode acessar o interior do espaço ainda. Seguindo medidas preventivas e de higienização, o atendimento é individual, de segunda a sábado, das 10h às 18h.
R. Rocha, 259 – Bela Vista, região central, tel. (11) 3443-9992.


Livraria da Travessa
Reaberta com uma limitação de 15 clientes por vez, a loja na rua dos Pinheiros adota procedimentos como a obrigatoriedade do uso de máscaras, disponibilização de álcool em gel, higienização e recomendações de distanciamento físico.
R. dos Pinheiros, 513, Pinheiros, região oeste, tel. (11) 4550-9501.


Loplop
Desde o início da pandemia, a livraria funciona com as portas fechadas. Com a gradual reabertura, passou a receber clientes com horário marcado, por telefone ou Instagram @loploplivros, e a fazer entregas para a região oeste (consulte a disponibilidade).
Av. Professor Alfonso Bovero, 1.119, Perdizes, região oeste, tel. (11) 3862-7268.


Mandarina
A casa amarela recebe o público com uso obrigatório de máscaras e disponibiliza álcool em gel. O número de clientes é limitado a quatro por sala. A área do café, aberta e ventilada, também já voltou a funcionar.
R. Ferreira de Araújo, 373, Pinheiros, região oeste, tel. (11) 3819-5953.

Espaço da Livraria Mandarina, em Pinheiros – Folhapress

Novesete
Dedicada ao público infantil, a livraria abandonou o atendimento com agendamento de horário e passou a receber clientes das 11h às 17h. Atividades como contação de histórias e lançamento de livros, porém, continuam suspensos. O uso de máscara é obrigatório e há tótens de álcool em gel em pontos da loja. É possível fazer pedidos para entrega por aplicativos como o Rappi.
R. França Pinto, 97, Vila Mariana, região sul, tel. (11) 5573-7889.


PanaPaná
Também dedicada aos leitores mais novos, a loja está aberta e adota os protocolos definidos pela prefeitura. Para quem não quiser ir ao local, é possível fazer compras pelo WhatsApp (11) 94536-4921 e pelo site livrariapanapana.com.br, com entrega gratuita para um raio de até 10 km. Para as crianças, há uma mesa com materiais para recreação, frequentemente higienizados, e contação de histórias no instagram @panapana_livraria_infantil.
R. Leandro Dupret, 396, Vila Clementino, região sul, tel. (11) 94536-4921


Patuscada
Conhecida por sediar eventos e lançamento de livros, a livraria e espaço cultural está fechada ao público —mas passou a fazer os lançamentos online. Quem não resiste à visita presencial pode agendar um horário por telefone para ser recebido no local.
R. Luís Murat, 40, Vila Madalena, região oeste, tel. (11) 96548-0190


Banca Tatuí
Todo o acervo da minilivraria de rua, fechada desde março, migrou para o espaço irmão: a Sala Tatuí, no prédio em frente à Banca, que recebe clientes com horário marcado no site salatatui.com.br. A limitação é de três visitantes por vez e segue os protocolo de segurança. Além disso, todo o conteúdo da loja está disponível para entrega no site bancatatui.com.br.
Sala Tatuí. R. Barão de Tatuí, 302, Santa Cecília, região central, tel. (11) 2729-8952.

Sala Tatuí, livraria na região central
Sala Tatuí, livraria na região central – Divulgação

Zaccara
Com 38 anos de funcionamento, a livraria opera com uma mesa impedindo a entrada do público. Os clientes são atendidos na porta com respeito aos protocolos de segurança, como a higienização dos produtos e a obrigatoriedade de uso de máscaras. É possível combinar a retirada de pedidos por telefone.
R. Cardoso de Almeida, 1.356, Perdizes, região oeste, tel. (11) 3384-0908.

Disponível em: https://guia.folha.uol.com.br/passeios/2020/09/conheca-dez-livrarias-de-rua-em-um-brasil-que-le-cada-vez-menos.shtml. Acesso em: 16 set. 2020.