Into the Future (Para o futuro)

Um excelente documentário de Terry Sanders, produzido pela American Foundation junto com a Commission on Preservation & Access e American Council on Learned Societies, onde alerta sobre o risco de perda da informação armazenada em formato digital.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Notícias

2 Respostas para “Into the Future (Para o futuro)

  1. Muito interessante a abordagem – preservação digital – mas como um registro histórico. Produzido em 1997, o vídeo não aborda os avanços recentes da ciências correlatas e da tecnologia, inclusive a adoção de padrões de preservação dos “conteúdos” adotados pelas principais indústrias, infelizmente não no Brasil. Períodos de transição de suporte – do físico para o digital – sempre causarão perdas – como foi bem colocado no início do vídeo – de registros. O ato de refazer também é inerente ao ser humano. Como um tecno-otimista, o homem encontrará uma maneira de resgatar o que está inacessível hoje assim como encontrará maneiras de preservar digitalmente o “espaço” de informações geradas, mas provavelmente as relevantes para ele. É assunto pra muita conversa e execução. Grato pelo compartilhamento.

    • Olá, José Eugênio!

      Grato pelo comentário. O que mais me chamou a atenção foi a questão do “desvio” (se é que se pode falar assim) de dinheiro de projetos de preservação tradicionais para projetos de digitalização sem se pensar na preservação dos documentos eletrônicos. Isso me faz pensar nos repositórios, hoje tão em voga. Percebo que há uma certa ânsia em digitalizar, a meu ver, mais para dar suporte à missão de acesso das bibliotecas, do que propriamente para preservar, sem falar nos problemas com a legislação autoral, que atualmente oferece mais barreiras do que possibilidades para aquelas instituições.

      Outra questão que me chamou a atenção e (confesso!) que nunca tinha parado para pensar era nos documentos com hiperlinks, sobre os quais questiona-se quais são seus limites e o que significa preservá-los. De fato, a Web é uma teia de informações e exige muito planejamento para pensar na preservação, principalmente, a longo prazo.

      Obrigado pela visita!
      Eduardo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s