Um bar de leitura

Bar do Beti

Quem disse que bar é apenas um lugar para beber? Em Pato Branco, no Bar do Beti, essa realidade é diferente. Localizado no centro, próximo ao bairro La Salle, o estabelecimento conta agora com um espaço que comercializa livros usados, popularmente conhecido como sebo.

A iniciativa partiu do proprietário do bar, Carlos Roberto Beti. Segundo ele, a ideia surgiu devido ao comportamento de alguns dos seus clientes. Beti disse que observava frequentemente às pessoas, que iam ao bar e ficavam conectadas à internet o tempo todo.

“Oferecemos internet wi-fi aos nossos clientes. Entretanto, é comum que um envie e-mail para o outro, sendo que ambos estão no mesmo local. Então pensamos em fazer algo, de modo que as pessoas se desligassem um pouco da internet e surgiu a ideia de montarmos esse sebo”, relatou.

Conforme Beti, o sebo conta inicialmente com poucos livros. “Temos em torno de 40 unidades, desde escritores de Pato Branco até escritores nacionais e internacionais. Esperamos que esse número cresça bem mais, por isso, convido às pessoas que venham, doem livros ou venham trocá-los, trazendo bons livros e levando outros para casa”, convidou.

Histórico

O Bar do Beti está em funcionamento há 50 anos, na mesma esquina em Pato Branco. “Tudo começou quando minha família veio morar para cá. Eu tinha um ano de idade quando viemos de Santa Catarina. Aí meu pai montou o Armazém do Beti, o qual foi se tornando um bar. Há uns 30 anos, eu passei a trabalhar no bar, sendo que aos poucos fomos mudando sua identidade, tornando-o um ponto de encontro, onde frequentam artistas, músicos, enfim, intelectuais”, relatou.

Famosos

Segundo Beti, o local é conhecido nacionalmente, recebendo visitas inclusive de pessoas famosas. “Recebemos visitas como da atriz Alessandra Maestrini, que interpretava a Bozena no seriado ‘Toma lá, dá cá’; Marcelo Nova; do Champignon, que faleceu recentemente; Blindagem; enfim, vários artistas passaram e passam por aqui”, descreveu o proprietário, que coleciona pôsteres das visitas ao estabelecimento, na própria parede do bar.

“Temos esses pôsteres para que fique na memória do bar. Também registramos as visitas em um blog, que atualizo diariamente para que os nossos clientes possam acessá-lo. Ele é visitado em torno de 700 vezes por dia”, disse.

Música

No Bar do Beti também os clientes podem contar com música ao vivo. Segundo o proprietário, nos domingos à tarde os músicos da cidade vão até o local para fazerem acústicos com violões e baterias leves. “Para se apresentar, os músicos só precisam vir aqui e agendar conosco”, concluiu.

Disponível em: <http://www.blogdogaleno.com.br/2013/12/04/um-bar-de-leitura>. Acesso em: 6 dez. 2013.

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Notícias

3 Respostas para “Um bar de leitura

  1. Camila Rodrigues Garcia - ConheSus

    Adorei! timo!

    Camila R Garcia Cientista da Informao. Especialista em Processos tcito-explcito. ConheSus – Conhecimento e Sustentabilidade 55 11 98291 7474 http://conhesus.com.br http://conhesus.wordpress.com/ http://conhesusconhesus.wix.com/conhecer

  2. Pingback: Um bar de leitura | Sistema de Bibliotecas UCS - Blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s