Como as bibliotecas podem sobreviver na era digital

Livros como os conhecemos estão claramente em um estado de fluxo. Um em cinco americanos leem agora em e-readers ou computadores tablet, e muitas coisas podem ser encontradas em um livro mais do que um clique ou um toque de distância online. Essa tendência tem sido o catalisador por trás da cadeia do fechamento de livrarias independentes em ritmo recorde. Para evitar um destino semelhante, as bibliotecas de todo o país estão tentando reinventar-se e provar que a revolução digital não significa o fim da era de amantes de livros.

***

O texto How Libraries Can Survive in the Digital Era mostra o papel que as bibliotecas têm tomado para si nos Estados Unidos: servindo como posto de procura de trabalho, fornecendo informações para pessoas prejudicadas por catástrofes naturais, oferecendo o espaço físico para o desenvolvimento de projetos dos usuários e, sobretudo, desenvolvendo serviços online. Além disso, ressalta a necessidade de atualização continuada dos bibliotecários, tendo em vista que o desenvolvimento de novas tecnologias pode auxiliar na oferta de mais produtos e serviços online para os usuários. É uma leitura que possibilita essas e outras reflexões, recomendo!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s