Biblioteca virtual européia reabre nesta terça-feira

A União Européia anunciou nesta terça-feira (23) a reabertura da biblioteca virtual Europeana, que havia saído do ar poucas horas após sua inauguração, na segunda quinzena de novembro. À época, o motivo dado a respeito do desligamento da biblioteca virtual foi o de que a página não suportou o acesso de 10 milhões de visitantes por hora.

O porta-voz da Comissão Européia, Martin Selmayr, disse que o website foi redefinido, a fim de que tivesse sua capacidade quadruplicada. Entretanto, o site diz que “o usuário pode não ter uma boa navegação nessa etapa de testes”, e que o “número de usuários pode ser limitado quando houver excesso de visitantes”.

Inspirado no mote da biblioteca de Alexandria –que desejava acolher todo o conhecimento mundial–, o projeto Europeana foi lançado com alarde no último dia 21 de novembro.

A biblioteca pretende tornar acessível em apenas um site o imenso patrimônio cultural de todos os acervos nacionais do continente, como livros raros, antigos ou cujas edições se esgotaram, pinturas, fotografias, músicas, manuscritos, mapas, jornais e documentos.

É possível acessar, por meio do site, obras literárias como “A Divina Comédia”, do escritor italiano Dante Alighieri, ou musicais, como as sinfonias do compositor erudito alemão Ludwig Van Beethoven.

A primeira etapa do projeto envolve dois milhões de obras de arte estão acessíveis na Europeana. O objetivo é incorporar mais oito milhões até 2010.

“Esperamos que novos materiais sejam inseridos no decorrer de fevereiro de 2009, mas no momento, estamos apenas monitorando o tráfego da biblioteca”, disse o porta-voz.

O site mantém uma equipe com 14 membros, e demanda custo anual de 2,5 milhões de euros (R$ 8,7 milhões).

Disponível

em: <http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2008/12/23/ult4738u18507.jhtm>.

 Acesso em: 23 dez 2008.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: