Tribunal ordena demolição de biblioteca da Universidade de Sevilha

Projetado pela superarquiteta Zaha Hadid, edifício foi erguido em sítio histórico

O Tribunal Superior da Justiça de Andaluzia ordenou a demolição total da biblioteca da Universidade de Sevilha, localizada nos jardins do Prado de São Sebastião, na Espanha.

A decisão determina que o terreno onde a biblioteca situa-se atualmente, desde a sua construção em 2008, seja devolvido no estado em que se encontrava antes das obras. As estruturas subterrâneas também deverão ser destruidas a fim da devolução completa do jardim.

Houve uma pausa nas obras, em 2009, por ordem do Tribunal atendendo à denúncias de um grupo de moradores da região contrários ao projeto.

A instituição recorreu à decisão, mas os juízes negaram as propostas de utilização dos jardins do Prado como ambiente de lazer e preservar, assim, as construções subterrâneas.

O Tribunal concedeu o período de um mês para a universidade designar uma pessoa responsável pela demolição.

Disponível em: <http://revistacult.uol.com.br/home/2012/06/tribunal-ordena-demolicao-de-biblioteca-da-universidade-de-sevilha/>. Acesso em: 8 jun. 2012.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: