Castro Marim leva livros, música e terminal de pagamento automático à população isolada

A promoção de atividades, sugestões e dicas para ocupar os tempos livres da população é outro dos desafios da iniciativa, que será desenvolvido pelo projeto CLDS 4G

FOTOS D.R.

A Bibliomóvel (biblioteca itinerante) vai dar nova vida aos livros da Biblioteca Municipal levando-os à população que vive mais isolada, promovendo o combate à solidão, que se tem acentuado nestes períodos de confinamento necessários ao combate à pandemia covid-19.

Procurando reinventar o conceito tradicional de biblioteca e adequando as dinâmicas de comunicação com o seu público à situação pandémica, a Bibliomóvel surge naturalmente como a melhor maneira de aproximar as pessoas e conquistar novos leitores.

Através desta iniciativa, a Câmara Municipal de Castro Marim pretende “levar a biblioteca às pessoas, invertendo o seu funcionamento habitual, de fora para dentro”.

O repto lançado à equipa, composta por elementos da Biblioteca Municipal e do projeto CLDS 4G “Castro Marim (COM)Vida”, é o de “duplicar o número de leitores/utilizadores da Biblioteca Municipal.”

“A promoção de atividades, sugestões e dicas para ocupar os tempos livres desta população é outro dos desafios da iniciativa, que será desenvolvido pelo CLDS 4G”, explica autarquia castromarinense, acrescentando que “serão apresentadas algumas ideias, como atividades de pintura ou costura, que depois serão acompanhadas ao longo das visitas”.

Paralelamente ao convite à leitura, a bibliomóvel leva a música, também disponível no fundo documental da Biblioteca Municipal, desde fado, passando pela música clássica, até ao tão tradicional e acarinhado acordeão. Em cada paragem, os habitantes poderão conhecer e apreciar uma boa seleção musical, que depois conseguem requerer.

Segundo informa a Câmara de Castro Marim, “a Bibliomóvel vai ainda levar um terminal de pagamento automático, facilitando alguns pagamentos de serviços à população idosa da serra e evitando a sua deslocação a zonas onde existe maior risco” e recorda que “enquanto os espaços públicos não voltarem a abrir, pode requerer o seu livro contactando a Biblioteca Municipal através do nº 281 510 747”.

O projeto CLDS 4G “Castro Marim (COM)Vida” é promovido pelo Município de Castro Marim e coordenado pela associação Odiana, cofinanciado pelo CRESC Algarve 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

Disponível em: https://postal.pt/sociedade/2021-03-09-Castro-Marim-leva-livros-musica-e-terminal-de-pagamento-automatico-a-populacao-isolada. Acesso em: 14 mar. 2021.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: