Bibliotecas e museus como locais de vacinação

“Bem-vindo. Você gostaria de uma vacina com sua dose de cultura hoje?”

Baleia AMNH

Foto: Museu Americano de História Natural, D. Finnin; vacinas foram
oferecidas sob a baleia.

Bibliotecas e museus são centros comunitários inovadores e, ao longo da pandemia COVID-19, foram essenciais para a comunidade e a resposta nacional. Além de continuar a fornecer às suas comunidades serviços de calçada e programas virtuais, muitos locais estão servindo como locais de testefornecendo comida de graça às famíliascompartilhando suas coleções com membros da comunidade socialmente isolados e usando 3D para fazer EPI .

O próximo grande empreendimento em resposta a uma pandemia? Intervindo para ajudar na meta do governo dos EUA de fornecer um local de vacinação a menos de cinco milhas das casas de 90% da população dos EUA. O envolvimento de museus e bibliotecas nesses esforços também não é exclusivo das instituições dos Estados Unidos, já que a comunidade global busca amplos esforços de vacinação.

O texto acima é uma tradução livre dos primeiros parágrafos da notícia Libraries and Museums as Vaccination Sites, publicada pela OCLC.

Conheça outras iniciativas de bibliotecas e museus relacionadas à vacinação acessando a notícia!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: