Cancelando o destaque do Projeto Big Deal

Entrevista com Freie Universität Berlin com contribuições de Dominik Hagel, Franziska Harnisch, Mario Kowalak e Cosima Wagner

Imagem de Pexels por Pixabay

À medida que os orçamentos das universidades enfrentam uma tensão considerável e novos modelos para fornecer acesso aberto à comunicação científica proliferam, as bibliotecas acadêmicas estão cada vez mais buscando alternativas para o modelo de assinatura de periódicos “Big Deal”, incluindo o cancelamento. Mas como essas estratégias afetam os pesquisadores e o que eles pensam delas?

No ano passado, a Ithaka S + R tem estudado o impacto dos cancelamentos do Big Deal em seus usuários em parceria com 11 bibliotecas acadêmicas. Pesquisas anteriores se concentraram principalmente em como um cancelamento de Big Deal pode afetar uma instituição ou sistema e, normalmente, essa análise é conduzida com o objetivo de identificar quais periódicos uma biblioteca pode cortar. Nosso projeto é único porque sondamos pesquisadores sobre os efeitos contínuos do cancelamento em seus trabalhos em várias instituições simultaneamente.

Lançamos descobertas que destacam os principais padrões de como os usuários de bibliotecas estão enfrentando cancelamentos de grandes negócios em nosso grupo . Também é importante reconhecer como contextos institucionais únicos e de cancelamento podem afetar as experiências dos pesquisadores. Hoje, traçamos o perfil de nosso parceiro de projeto, a Freie Universität Berlin, para explorar como a situação está se desenvolvendo em sua instituição e o que eles aprenderam com nosso projeto.

Os parágrafos acima são uma tradução livre do post Cancelling the Big Deal Project Spotlight, de Danielle Cooper, publicado no blog do Ithaka S+R.

A entrevista completa em inglês está disponível aqui.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: