Arquivo da tag: biblioteconomia

BiblioUP: cursos de capacitação em Biblioteconomia!

Contribuição de Tiago Fernandes.
***
História da BiblioUP

Pode-se dizer que a BiblioUP surgiu no acaso de diversos pensamentos sobre negócios e empreendedorismo que um bibliotecário pode ‘tocar’. Atualmente faço um curso de pós graduação em Gestão Empreendedora e querendo ou não, aguçamos o olhar para novas oportunidades e possibilidades. Em junho deste ano diante de observações, análises sobre o mercado, identifiquei como uma oportunidade de negócio a promoção e organização de cursos no interior de São Paulo. É certo que qualquer lugar fora da cidade de São Paulo é carente de cursos de qualificação profissional para profissionais da informação. Após pesquisas e análises onde estão as maiores concentrações de profissionais da informação no interior de São Paulo decidi, iniciar a promoção de cursos em Ribeirão Preto. Com o amadurecimento da empresa esperamos ‘migrar’ para outros lugares do Estado promovendo cursos e fortalecendo a troca de experiências entre os profissionais da informação, troca sempre rica e que fortalece nossa categoria profissional e abre possibilidades de atuação. Realizaremos 1 curso por mês neste início de empresa,voltados tanto para área técnica como de gestão e com a presença de professores de universidades públicas/particulares e também profissionais da informação com bagagem profissional relevante.

Deixo aqui os canais de comunicação da BiblioUP.
https://tiagobibliotecario.wixsite.com/biblioup
https://www.facebook.com/biblioupcursos/

E um release sobre o curso
Release do curso sobre RDA
A BiblioUP empresa de cursos de capacitação para profissionais da informação promoverá o Curso de RDA (Resouce Description Access) novo código de catalogação que substitui o AACR2 e será ministrado pela professora Dra. Zaira Regina Zafalon em Ribeirão Preto.

Segue conteúdo programático do curso
• Introdução;
• Visão geral de catalogação, metadados e uso de padrões;
• Objetivos bibliográficos;
• Visão geral e histórico para elaboração de um código internacional de catalogação;
• Conceitos fundamentais de padrões de representação: padrão de conteúdo e de padrão de estrutura de metadados descritivos;
• Modelos conceituais: FRBR, FRAD, FRSAD;
• Apresentação do RDA e RDA Toolkit;
• Estrutura do RDA;
• Abordagem prática do RDA;
• Formas de representação MARC21 / RDA;
• Comparação de exemplos.

Maiores informações e inscrições no site: https://tiagobibliotecario.wixsite.com/biblioup/rda

E para quem ficou curioso, segue uma resenha de autoria de Murilo Bastos da Cunha do Portal do Bibliotecário sobre o tema: http://portaldobibliotecario.com/acesso-a-informacao/recursos-descricao-e-acesso-rda/

Deixe um comentário

Arquivado em Curso, Notícias

Fundação Casa de Rui Barbosa: Processo seletivo simplificado para o Programa de Iniciação Científica

CrcqQV_WAAIA92v

A Fundação Casa de Rui Barbosa realiza processo seletivo simplificado para o Programa de Iniciação Científica da instituição com objetivo de selecionar candidato para exercer atividades de pesquisa no projeto “Coleções digitais: ampliação e qualificação do acesso aos acervos memoriais da FCRB (Fundação Casa de Rui Barbosa)”.

O formulário de inscrição (doc. 31 KB) e os demais documentos devem ser enviados até dia 15 de setembro, às 18h, para o e-mail pic@rb.gov.br. As informações detalhadas encontram-se no edital (pdf. 523 KB).

Esclarecimentos poderão ser obtidos pelo telefone: (21) 3289-8642.

Disponível em:

<http://www.casaruibarbosa.gov.br/interna.php?page=materia&ID_S=9&NM_Secao=not%C3%ADcias&ID_M=3632>. Acesso em: 4 set. 2016.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Criado por bibliotecário, Portal Jurídico reúne conteúdo da área do Direito

Criado pelo bibliotecário da UFJF, Sérgio Crisóstomo dos Reis, o portal traz também informações sobre metodologia científica, como manual de normatização, dicas para fichamentos e modelo de monografia formatado de acordo com a ABNT. Aborda ainda aspectos específicos da própria biblioteca, entre eles, as bases de dados digitais.

“Verifiquei que as informações jurídicas estavam dispersas e tive a ideia de reuni-las em um único lugar”, diz Sérgio dos Reis. Na gestão da Biblioteca da Faculdade de Direito, ele oferece treinamento para os todos os calouros e que algumas dúvidas ainda permaneciam durante o curso. “Acredito que o site proporciona celeridade para os usuários de todo tipo nas operações relacionadas ao Direito.”

Outras informações: (32) 2102-3505 / Portal Jurídico

Disponível em: <http://www.ufjf.br/noticias/2016/06/15/criado-por-bibliotecario-portal-juridico-reune-conteudo-da-area-do-direito/>. Acesso em: 27 jun. 2016

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Resumo da Aula Magna “As tecnologias de informação e comunicação na perspectiva da Biblioteconomia e Ciência da Informação”

Semana BCI UFSCar 2016

Este ano a UFSCar realizou a “Semana de de Biblioteconomia e Ciência da Informação 2016” de 7  a 9 de março. No primeiro dia, a abertura do evento contou com a Aula Magna “As tecnologias de informação e comunicação na perspectiva da Biblioteconomia e Ciência da Informação” proferida pela Profª Drª Silvana Vidotti, da UNESP/Marília.

A professora iniciou sua aula com a apresentação de definições de termos como “tecnologia de informação e comunicação”e “sociedade da informação” com a intenção de introduzir o assunto. Baseada em Castells para abordar a sociedade da informação, a professora destacou que esse autor considera a revolução tecnológica como uma característica marcante dessa sociedade, pois aumentou o acesso e uso da informação. Apesar disso, na essência a tecnologia produz dados, e a informação surgirá na sequência, culminando com o conhecimento.

Também foi apresentado um estudo que mapeou a presença de disciplinas de tecnologias de informação e comunicação nos currículos dos cursos de Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia (VIDOTTI, Silvana Aparecida Borsetti Gregorio et al. Ensino de Tecnologias de Informação e Comunicação: um diagnóstico nos cursos de graduação em Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia do Brasil. 2014.). Nos dois primeiros destacam-se a pouca presença de conteúdo relacionado à acessibilidade e usabilidade, enquanto que no terceiro o destaque fica por conta da computação gráfica e museus digitais, visto que, em geral, a museologia trabalha com objetos tridimensionais e exige esse tipo de conhecimento para tratá-los adequadamente.

Temas como catálogos online e o mapeamento de dados dos usuários (como acontece na Amazon), a evolução da era do PC para a web 4.o, web semântica, experiência do usuário (além das plataformas, contempla conteúdo, usabilidade, acessibilidade, diferentes plataformas, funcionalidade, arquitetura de informação, estratégia de conteúdo), big data, linked open data, computação em nuvem, comunicação científica, técnica e artística cultural, ciência aberta e e-science, curadoria de dados, curadoria digital e ciência de dados foram abordados ao longo da palestra. Embora cada um tenha sido brevemente abordado, a ideia da aula foi atingida, que era apresentar as tecnologias de informação e comunicação no contexto bibliotecário, apresentando inúmeras frentes de trabalho e possibilidade de atuação profissional.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

12 proposições para a elaboração de um currículo info-documental

O documento “Douze propositions pour l’élaboration d’un curriculum info-documentaire” foi elaborado pelo Groupe de Recherche sur la Culture et la Didactique de l’Information (GRCDI) como proposta de um currículo que contemple lacunas na formação dos profissionais da informação.

 

Confira abaixo as proposições:

1) Iniciar uma matriz disciplinar, em coerência com o novo paradigma da cultura informacional

2) Colocar em primeiro plano os fins educativos de formação de uma cultura informacional

3) Definir os objetivos de formação de uma cultura informacional

4) Integrar a educação às mídias, o ensino info-documental como parte de uma cultura informacional global

5) Identificar os conhecimento e as competências para ensinar e dar/devolver o primeiro lugar ao conhecimento e à cultura

6) Ver a dimensão temporal da aprendizagem da maternidade à universidade

7) Propor aos professores e formadores abordagens educacionais sob medida para os estudantes e os tipos de conhecimentos para ensinar

8) Propor aos professores e formadores exemplos de atividades e tarefas que promovam a aprendizagem

9) Identificar diferentes tipos de objetos apropriados de aprendizagem

10) Favorecer as articulações com outra disciplinas  e promover diferentes formas de interdisciplinaridade

11) Invocar as diferentes funções de avaliação para conceber, acompanhar, aprovar e validar a aprendizagem

12) Formar os professores e formadores responsáveis pela educação na informação e desenvolver a pesquisa didática da informação-documentação

 

O documento completo, em francês, com a descrição de cada proposição está disponível aqui.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

José Antonio Merlo Vega: “a refêrencia virtual já não tem sentido”

Novamente apresentamos na modalidade Webcast outra interessante entrevista. Neste caso, queremos compartilhar com nossa comunidade a fala que Aprender3C teve com o professor e diretor da biblioteca da Universidade de Salamanca, Dr. José Antonio Merlo Vega.  Pedimos sua opinião sobre algumas questões: ciência 2.0, repositórios institucionais, os serviços de referência digital e o ensino de biblioteconomia.

Confira a entrevista em texto e vídeo em espanhol aqui.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Libros profesionales para bibliotecarios gratis (Julio-Agosto 2015)

Libros Profesionales en acceso abierto para Bibliotecarios y Documentalistas

(91 libros e informes profesionales)

-Julio-Agosto 2015-

Descargar

Libros profesionales gratis sobre BYD

Por Meses

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias