Arquivo da tag: credibilidade

Como checar o conteúdo divulgado em redes sociais

Os bibliotecários costumam falar que trabalham com informação, conhecimento e, mais recentemente, com conteúdo. Então porque não dar um conferida neste manual? Ou, melhor ainda, porque não pensarmos juntos em elaborar um manual próprio para nossa profissão? Afinal, como os jornalistas, devemos estar atento às fontes de informação e, claro, ao conteúdo.

***

MANUAL DE VERIFICAÇÃO

Por Paulo Rebêlo em 08/07/2014 na edição 806

Acaba de sair a edição em português do Manual de Verificação (Verification Handbook), uma ferramenta poderosa para validar, certificar e utilizar relatos, fotos e vídeos compartilhados pelas pessoas na selva da internet e das redes sociais.

Gratuito e disponível em vários formatos, inclusive podendo ser lido online, direto no navegador, o Manual é produzido pelo Centro Europeu de Jornalismo (EJC) e foi lançado em inglês em fevereiro. A edição em português do Brasil é a primeira tradução oficial em outro idioma.

Em situações críticas, as redes sociais ficam sobrecarregadas de boatos e relatos em primeira pessoa. Algumas dessas informações são verdadeiras, mas uma grande parte é falsa, especialmente quando ocorrem manifestações ou conflitos. O Manual é um guia definitivo para ajudar jornalistas a criar uma sistemática de apuração, tapando buracos recorrentes no processo de verificação de dados.

Em linguagem didática e com muitos exemplos e estudos de caso, o livro foi escrito por jornalistas de instituições como BBC, Digital First Media, ABC e Storyful, além de outros especialistas em comunicação e tecnologia.

Para baixar o arquivo para seu computador e começar a usá-lo, os links oficiais são:

>> PDF – http://goo.gl/0XSC13

>> EPUB – http://goo.gl/BnTNNA

>> Kindle – http://goo.gl/5bAKzh

>> Web – http://verificationhandbook.com/book_br

O release oficial de lançamento está em http://bit.ly/handbookbrazil

***

Paulo Rebêlo é jornalista e diretor da Paradox Zero

1 comentário

Arquivado em Notícias

Sobre a credibilidade da informação

A Internet deu às pessoas de todos os cantos do planeta a possibilidade de serem ouvidas e de se fazerem ouvir. Seja por meio de blogs, vídeos, imagens ou quaisquer outros recursos, todos os dias as informações produzidas por esses autores “anônimos” aumentam espantosamente. Mas quanto se aproveita delas? Talvez 1% ou menos… ou um pouco mais do que isso. Dependerá do usuário e da informação que procura, por exemplo. Ao encontrá-la num blog, é comum se reportar a fontes confiáveis, como sites de notícias, de jornais impressos e científicos.

No entanto, o que se procura na fonte de informação confiável é a neutralidade comum à notícia jornalística, porque a informação propriamente dita já foi localizada. Deseja-se, com isso, averiguar a validade dos argumentos do (a) autor (a), visto que não são reconhecidos com autoridade no assunto, exceto blogs de colunistas de jornais ou revistas e de jornalistas. Assim, não fica difícil informar-se pela Internet, mas acreditar naquilo que se lê no ambiente virtual. Esse é um dos problemas da nova era.

4 Comentários

Arquivado em Reflexões