Arquivo da tag: editora universitária

Editoras de universidades paulistas expandem catálogo de publicações

Instituições ligadas à Unicamp, USP e Unesp difundem o conhecimento produzido pelos professores e pesquisadores no Estado

Nos últimos anos, as editoras da Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista (Unesp) e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) diversificaram os catálogos com títulos que abrangem todas as áreas. Elas têm a função principal de difundir o conhecimento produzido nas universidades por meio da publicação de livros de importância científica, técnica, literária, artística e de interesse didático.

“Se esse conhecimento ficar no armário, não servirá para nada. Temos que colocá-lo em circulação”, enfatiza ao Jornal da Unicamp Márcia Abreu, diretora da Editora da Unicamp. “Somos mais de 100 editoras universitárias cumprindo esse papel”, enfatiza Lucas Antonio Moscato, diretor-presidente da Editora da USP (Edusp), ao Jornal da Unicamp.

“A Editora da Unesp, provavelmente, é a que mais publica entre as acadêmicas, ao ritmo de 200 livros por ano, entre os físicos e os digitais”, revela o diretor-presidente da fundação, Jézio Hernani Bomfim Gutierre, ao Jornal da Unicamp.

Márcia Abreu esclarece que as editoras universitárias não publicam apenas a produção interna. “As pessoas confundem, pensam que a nossa se chama Editora da Unicamp porque seria uma reserva de mercado para os professores da casa. Não é verdade e é bom que não seja, pois temos como missão publicar livros relevantes das mais variadas áreas. Se houver um livro relevante de um professor da USP, publicamos aqui e vice-versa. Os autores publicam onde acharem mais conveniente”, explica.

Produção

De acordo com Ricardo Lima, gerente de produção editorial, a Editora da Unicamp já publicou quase 1,4 mil livros desde a fundação, em 1982, e mantém em torno de 500 títulos em catálogo. “A média é de 25 a 30 títulos novos por ano, com 35 a 40 reimpressões. Um livro que vende bem chega a mil exemplares nesse período”, afirma ao Jornal da Unicamp.

Lucas Antonio Moscato, diretor da Edusp, informa que a instituição publica aproximadamente 45 títulos por ano, também em outras línguas (inglês, francês, espanhol), bem como traduções propostas pelos autores para o português. “Há pouco tempo também iniciamos um programa de livros didáticos, voltado a alunos da USP e de outras instituições, e já publicamos cerca de 25 títulos, sendo que outros 25 estão sendo finalizados”, diz.

“Os professores são incentivados a produzir esse material, não no sentido monetário, mas por meio de docentes substitutos para que fiquem isentos de cargas outras que retardariam a produção do livro”, ressalta o diretor ao Jornal da Unicamp.

Programas

Jézio Hernani Bomfim Gutierre, da Fundação Editora da Unesp, explica que a entidade recebe subsídios para publicações docentes, especialmente para programas não lucrativos, que são integralmente financiados pela universidade.

Vale destacar que a fundação tem cerca de 1,8 mil títulos ativos e recebe anualmente 800 propostas de publicação que, antes de chegarem ao Conselho Editorial, são obrigatoriamente submetidas a pareceristas, com exceção dos clássicos.

Outra ação importante e inédita da Editora da Unicamp tem disso a de levar seus livros para publicação em inglês, possibilitando que sejam disseminados pelo mundo. Uma parceria com a editora inglesa Springer já conta com quatro títulos aprovados, que também terão o selo da Unicamp na capa. A Editora da Unesp já negociou diversos títulos em mais de 15 países.

Disponível em: http://www.saopaulo.sp.gov.br/ultimas-noticias/editoras-de-universidades-paulistas-expandem-catalogo-de-publicacoes/. Acesso em> 21 ago. 2019.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Feira de livros das editoras universitárias

2 Comentários

Arquivado em Eventos

Biblioteca incorpora a editora universitária

A Universidade de Michigan está reestruturando a sua editora e mudando o seu foco de produção e disseminação de monografias. A mudança inclui o realinhamento da editora de uma unidade independente para um departamento subordinado ao sistema de bibliotecas da universidade.

Este fato vem demonstrar que a biblioteca universitária, no atual contexto do acesso livre e da informação digital, passa a se incumbir de novas
funções – publicar e disseminar textos. Na verdade, isto é um retorno às origens da biblioteca universitária da Idade Média que tinha também essa incumbência!

Para maiores detalhes ver o URL:
http://umichpress.typepad.com/university_of_michigan_pr/2009/03/um-redefining-scholarly-publications-in-the-digital-age.html

É possível que essa iniciativa pioneira da Universidade de Michigan chegue a ser seguida por outras bibliotecas universitárias.

Murilo Cunha

Disponível em: <http://a-informacao.blogspot.com/2009/04/biblioteca-incorpora-editora.html&gt;. Acesso em: 12 abr. 2009.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias