Arquivo da tag: livros

O que ler sobre biblioterapia?

A literatura como remédio – Dante Gallian

Não há dúvida de que a leitura dos grandes clássicos da literatura universal seja um meio privilegiado para o nosso desenvolvimento intelectual e cultural. Mas e se nos dissessem que, além disso, esta leitura pode nos curar de muitas doenças da alma? Baseado numa experiência desenvolvida originalmente numa escola de medicina, este livro fala sobre um experimento (o Laboratório de Leitura) que, partindo da leitura e discussão coletiva dos clássicos, tem propiciado um poderoso efeito humanizador e terapêutico que vem transformando a vida de muitas pessoas.

***

Farmácia literária – Ella Berthoud e Susan Elderkin


“Lido no momento certo, um livro pode mudar sua vida. Farmácia literária é um tributo a esse poder. Mais de 400 livros para curar males diversos, de depressão e dor de cabeça a coração partido Para criar esta obra, as autoras viajaram por dois mil anos de literatura, selecionando livros que promovem felicidade, inspiração e sanidade, escritos por mentes brilhantes que nos mostram o que é ser humano e nos permitem identificação ou até mesmo catarse. Estruturado como uma obra de referência, em Farmácia literária os leitores podem simplesmente procurar por sua “doença”, seja ela agorafobia, tédio ou crise da meia-idade, e encontrarão um romance como antídoto. A biblioterapia não discrimina entre as dores do corpo e as da mente (ou do coração). Está convencido de que tem sido covarde? Leia O sol é p+U25ara todos e receba uma injeção de coragem. Vem experimentando um súbito medo da morte? Mergulhe em Cem anos de solidão para ter uma nova perspectiva da vida como um ciclo maior. Ansioso porque vai dar um jantar na sua casa? Suíte em quatro movimentos, de Ali Smith, vai convencê-lo de que a sua noite nunca poderá dar tão errado. Brilhante e encantador, Farmácia literária pertence tanto à estante de livros quanto ao armário de remédios. Esta obra vai fazer com que até mesmo o leitor mais aficionado descubra um livro do qual nunca ouviu falar e enxergue com outros olhos aqueles mais familiares. E, mais importante, vai reafirmar o poder da literatura de distrair e fazer viajar, repercutir e curar, além de mudar a maneira como vemos o mundo e nosso lugar nele.

***

Ficções que curam – James Hillman


Ficções que curam é uma revisão radical do ato da terapia. Um dos escritores mais influentes da atualidade na área da psicologia. James Hillman concebe e pratica a terapia como uma arte imaginativa. intimamente ligada à poética – a feitura de palavras. a criação ficcional. Para curar o sintoma. ele argumenta. é preciso curar a pessoa e. para isso. devemos primeiro curar a história na qual ela se imagina. Os três ensaios aqui apresentados abordam a obra de Freud. Jung e Adler por meio do papel da ficção no pensamento e na prática desses autores. Em Ficções que curam. James Hillman faz uma pergunta fundamental: “O que a alma quer?” Com insights reveladores. ele responde: “Ela quer histórias que curam”.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias