Arquivo da tag: MinC

Freire debate digitalização de partituras eruditas

Medaglia, Freire e Walkers discutiram a digitalização de partituras de música erudita brasileira (Foto: Janine Moraes/Ascom MinC)

 

O ministro da Cultura, Roberto Freire, recebeu, na tarde dessa segunda-feira (9), o maestro Júlio Medaglia e o diretor das Rádios e de Projetos Especiais da TV Cultura, José Roberto Walker. Durante o encontro, o maestro Medaglia sugeriu ao ministro que a pasta estudasse um modo de digitalizar partituras de música erudita brasileira.

Na avaliação de Freire, a sugestão do maestro pode ser uma ferramenta importante para a preservação desse material. “Temos um vasto acervo musical que pode se perder totalmente ao longo dos anos. O maestro Júlio Medaglia trouxe uma proposta de projeto muito interessante, tanto para o Ministério como para a cultura brasileira de um modo geral. Certamente a história desse gênero musical em nosso país é, talvez, muito maior do que se possa imaginar, já temos mais de 150 anos ou até de 200 anos de obras eruditas produzidas por brasileiros”, destacou.
De acordo com o ministro, a proposta do maestro será encaminhada para o setor responsável dentro do Ministério da Cultura. “É preciso estudar as possibilidades e analisar o que poderá ser de fato realizado. Em geral, existe pouco acesso ou, na maioria das vezes, nenhum conhecimento sobre a música erudita no Brasil e isso precisa ser mudado”, ponderou Freire.
No encontro, também foram debatidos outros projetos de iniciativa de Medaglia e de Walker, como o Grande Circo Musical do Brasil, que une arte circense e popular com música erudita.
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Edital seleciona consultores na área de Direitos Autorais

Embora as inscrições não contemplem a formação em Biblioteconomia, e curiosamente uma das áreas de atuação seja justamente para trabalhar com foco em bibliotecas, considero interessante publicar esse edital, até mesmo para que nos próximos os bibliotecários sejam contemplados. É preciso fazer barulho em cima disso, afinal,  é algo que nos diz respeito!

***

11.08.2015  – 16:52

Acesso rápido

A Diretoria de Direitos Intelectuais do Ministério da Cultura abre processo seletivo para contratar três consultores que atuem na área de Direito, Ciências Sociais ou Economia.

Os perfis contratados desenvolverão pesquisas sobre os seguintes temas:

Perfil DDI-001: Estudos Técnicos sobre o Impacto da Legislação de Direito Autoral nas Atividades Desenvolvidas pelas Bibliotecas e Arquivos;

Perfil DDI-002: Estudos Técnicos sobre o potencial econômico das obras intelectuais em domínio público;

Perfil DDI-003: Estudos Técnicos sobre os sistemas de registro de obras artísticas e literárias protegidas por direitos autorais.

Os interessados devem encaminhar currículo até o dia 17 de agosto de 2015 para o email prodoc914brz4013.se@cultura.gov.br, indicando o nº do edital (Edital 914BRZ4013 04/2015)  e perfil da vaga (Ex: Perfil: DDI-001). Os currículos devem ser encaminhados em modelo padrão, disponível no edital.

Diretoria de Direitos Intelectuais
Ministério da Cultura

Deixe um comentário

Arquivado em Emprego

MinC lança mapa com bibliotecas públicas de todo país

28.7.2015 – 10:00

Acesso rápido

O Ministério da Cultura (MinC) acaba de lançar uma plataforma na qual é possível encontrar, dentro do mapa do Brasil, as 6.021 bibliotecas públicas (municipais e estaduais) e comunitárias cadastradas no Cadastro Nacional de Bibliotecas e que integram o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP). O acesso é livre para qualquer cidadão. Pelo mapa, é possível encontrar dados como endereço e acessibilidade das instituições.
De acordo com a coordenadora geral do SNBP da Diretoria de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) do MinC, Veridiana Negrini, a ideia é, neste primeiro momento, divulgar os dados das bibliotecas públicas que já estão cadastradas para que, posteriormente, os gestores responsáveis por esses equipamentos possam complementar as informações sobre suas bibliotecas, com dados sobre acervo, serviços, infraestrutura, gestão, relação institucional e público principal da biblioteca.
“Pretendemos, no segundo semestre deste ano, lançar o novo cadastro nacional de bibliotecas, com objetivo de para mapear de maneira abrangente as bibliotecas públicas e comunitárias existentes no país”, adiantou a coordenadora.
Dentro do processo de aprimoramento e atualização do mapa, novas bibliotecas, bibliotecas comunitárias e pontos de leitura também poderão ser cadastrados no Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC), que também está em processo de reformulação. Criado pelo MinC, o SNIIC visa coletar, armazenar e difundir dados e informações sobre a cultura brasileira.
Camila Campanerut
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Começa a revisão da revisão

Por Tatiana de Mello Dias

Começou nesta segunda-feira, 25, uma nova consulta pública para definir a Reforma da Lei de Direitos Autorais. O processo de consulta, porém, é muito diferente do que aconteceu no ano passado e definiu o anteprojeto que a gestão anterior do Ministério da Cultura (MinC) enviou à Casa Civil.

—-
Siga o ‘Link’ no Twitter e no Facebook

Desta vez, a população terá cinco dias para opinar sobre o novo texto. E a dinâmica do processo saiu do ambiente colaborativo – antes era uma plataforma WordPress em que todos podiam visualizar os comentários – e, agora, será baseada em formulários em Word e e-mails.

Esse é o formulário da consulta: totalmente offline. FOTO: Reprodução

A nova consulta versará sobre sete pontos que, segundo o Ministério, precisam ser aperfeiçoados. O MinC acha que o projeto apresentado pela gestão anterior precisa ser revisado em áreas como limitações aos direitos do autor (o texto anterior definia, por exemplo, que uma obra poderia ser liberada para fins educacionais ou de preservação), reprografia das obras literárias (o MinC havia proposto maior flexibilização em relação ao xerox para fins educacionais e a nova gestão quer rever isso), e a questão da gestão coletiva de direitos e a supervisão estatal das entidades de cobrança, que regularia a maneira como associações de autores e o Ecad funcionariam no País.

A nova consulta pública levantou críticas de ativistas pela reforma da lei. A primeira questão é em relação ao formato. Durante a primeira consulta, era possível acompanhar todas as constribuições da sociedade e ver como acontecia a discussão em cima de determinado tópico. Agora, como só serão aceitas contribuições via formulário no site, e-mail e correio, não será possível à sociedade ver o que está sendo de fato enviado ao Ministério. Além disso, a nova consulta requer justificativa jurídica – o que limita a contribuição de cidadãos comuns.

Por causa disso, os ativistas do Transparência HackDay lançaram uma versão alternativa de consulta pública, em que o público poderá opinar diretamente nos artigos do novo texto proposto pelo Ministério. A plataforma é a mesma utilizada nas consultas públicas lançadas online pelo Ministério da Justiça. Através da plataforma, será possível ter uma ideia do que a sociedade tem a dizer sobre os tópicos questionados pela nova gestão do MinC.

Além da consulta, o novo cronograma do MinC prevê a realização de audiências públicas na Câmara e Senado e um evento público para apresentar o texto final do projeto à sociedade. A expectativa é que o novo anteprojeto de lei seja enviado até o dia 15 de julho à Casa Civil.

Disponível em: <http://blogs.estadao.com.br/link/comeca-a-revisao-da-revisao/>. Acesso em: 26 abr. 2011.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Gestão de informações em bibliotecas públicas é tema de eventos

O III Simpósio Latino-Americano de Bibliotecas Públicas e o XV Encontro Nacional do Sistema de Bibliotecas Públicas ocorrerá nos dias 22 e 23 próximos, tendo como tema principal a Gestão da Informação em Bibliotecas Públicas: transformações culturais e sociais. O evento ocorre no auditório Machado de Assis da Fundação Biblioteca Nacional e terá conferências, debates, oficinas e uma mesa-redonda que discutirá o programa Mais Leitura do MinC, o PNLL e o programa Arca das Letras. Mais informações e inscrições pelo e-mail snbp@bn.br ou telefone (21) 2210-1134.

 

Fonte: Boletim PNLL – Edição nº 124– 06 a 12/10/2008.

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos