Arquivo da tag: SinBiesp

Mesas redondas SinBiesp na 25ª Bienal 2018

DIA 07/08/2018 Terça-feira – 14:30 hs ás 16:00hs

 Abertura da primeira mesa redonda da programação do SinBiesp

Vera Stefanov  – Consultora da  Bibliotec Gerenciamento da Informação, criada em  1989 e responsável por desvendar o mercado com implantação de bibliotecas nos mais diversos ramos de atividade. Presidente do Sindicato dos Bibliotecários do Estado de São Paulo – SinBiesp, implantou a Convenção Coletiva de Trabalho para a categoria de Bibliotecários, estabeleceu o piso salarial oficialmente entre outras ações pertinentes à defesa do profissional bibliotecário, hoje estendida à outras profissões co-irmãs, arquivistas, historiadores, museólogo, cientistas da informação e auxiliares de bibliotecas e centros de documentação. Formada em biblioteconomia pela FESP SP, Pós Graduação pela FMU em Administração e realizou cursos de Extensão Universitária em : Economia (FAE – USP), Análise de Sistemas (FAAP) e Organização não Governamental pela FGV. Sólidos Conhecimentos técnicos e legais do Conselho Nacional de Arquivologia – CONARQ, bem como legislação de incentivo à cultura e trabalhista. Com diversos artigos publicados.

TEMA :  “O livro digital, as bibliotecas e os leitores

Resumo: Os desafios e oportunidades do livro digital, especificamente no que pode trazer de mudanças para bibliotecas e bibliotecários, para leitores, possíveis tendências, características e recursos ebooks.

Apresentação – Carlos Seabra

É editor multimidia, coordenador do selo editorial de ebooks de educação Oficina Digital, Especialista em tecnologias na educação, é consultor de Zoom Education.

Debatedora – Maria Cristina Palhares

Bacharel em Biblioteconomia pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESP-SP), Mestra e Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e docente no curso de Biblioteconomia do Centro Universitário Assunção – UNIFAI, onde ministra as disciplinas que abordam as Tecnologias da Informação e Comunicação e é coordenadora do curso de pós-graduação lato sensu “Arquitetura da informação: design de interação digital”.

Mediador – Jânio Mesquita

Bibliotecário, pela FESPSP, especialista na área de Divulgação Cientifica, organização de acervos universitários e fluxo documental, também em curadoria de eventos/exposições voltada à difusão da educação e cultura a partir de unidades de informação. Atualmente é bibliotecário da Estácio unidade Cotia/SP.

DEBATE IMPORTANTE PARA ANTENAR O PROFISSIONAL DA INFORMAÇÃO NOS FORMATOS ATUAIS POR ONDE PERPASSAM A INFORMAÇÃO E TENDÊNCIAS

09/08/2018 – quinta-feira  14:30hs ás 16:00hs

TEMA”As mudanças no trabalho do bibliotecário a partir da reforma trabalhista.”

Resumo: As novas formas de trabalho e de prestação de serviços com e sem vínculo de emprego (e como empresa) a partir da reforma trabalhista e da tendência de órgãos públicos de substituir os concursos públicos pela contratação de empresas prestadoras de serviços de biblioteconomia.

Apresentação – Delano Coimbra

Consultor de empresas, advogado do Sindicato dos Bibliotecários no estado de São Paulo – SinBiesp, especializado em direito do trabalho e processo do trabalho.

Debatedora – Vera Stefanov

Consultora da  Bibliotec Gerenciamento da Informação, criada em  1989 e responsável por desvendar o mercado com implantação de bibliotecas nos mais diversos ramos de atividade. Presidente Sindical dos Bibliotecários… do Estado de São Paulo – SinBiesp. Com diversos artigos publicados.

Mediador – Jânio Mesquita

Bibliotecário, pela FESPSP, especialista na área de Divulgação Cientifica, organização de acervos universitários e fluxo documental , também em curadoria de eventos/exposições voltada à difusão da educação e cultura a partir de unidades de informação. Atualmente é bibliotecário da Estácio unidade Cotia/SP.

09/08/2018 – quinta feira – 16:00hs ás 18:00hs

TEMA: “Áudio livros por whatsapp, uma forma de ler para o mundo”

Resumo: E se as pessoas pudessem ouvir livros gratuitamente ao menos por 10 minutos em seu trajeto. Pessoas voluntárias leriam e escutariam livros lidos por outras pessoas 10 minutos por dia. Todos nós temos 10 minutos, um celular e um livro. Local? Dentro do carro é um bom estúdio, dai trocaríamos leituras de vários livros e ganharíamos muito tempo e conhecimento. Mais do que isto, se pessoas só quisessem ouvir, tudo bem…poderão só ouvir 10 minutos do livro preferido todos os dias.

Apresentação : Rodinaldo Alves dos Santos

Bibliotecário e organizador de bibliotecas particulares. Formado pela universidade de São Paulo sempre trilhou o caminho do empreendedorismo. Atua na fabricação e revenda de acessórios para bibliotecas. Possui um sebo virtual. Faz conversão de mídias antigas para novas mídias.

Debatedora: Carli Cilene Rodrigues Cordeiro

Formada em biblioteconomia pela Escola de Comunicação e Artes de São Paulo, pós-graduada em gestão de negócios (IPEP), história da arte (FAAP), história da moda e indumentária (Senac). Bibliotecária pela Porto Seguro Cia de seguros, onde atua no RH, na área de educação e aprendizagem. Foi presidente do CRB/8 gestão 2015/2017.

Mediadora: Maria José de Jesus Carvalho

Bacharel em biblioteconomia e Documentação pela FESP/SP e especialização em gestão de pesquisa de mercado, opinião e mídia pela Fespsp. Foi Bibliotecária responsável pelas unidades: IB instituto de biociências/USP, ICB/USPinstituto de ciências biomédicas; faculdade de arquitetura e urbanismo; sistema integrado de bibliotecas da USP e MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA. Atualmente é consultora independente.

10/08/2018 –  Sexta feira  14:30hs ás 16:00hs

TEMA : “O futuro da Biblioteconomia no mundo digital”

Resumo: A Biblioteconomia assiste a mudanças no comportamento de seus usuários e deve responder oferecendo informações e recursos inovadores e relevantes, reforçando o papel socioeducativo e cultural da biblioteca, promovendo a criatividade, e aumentando o acesso às novas tecnologias. Os bibliotecários podem criar espaços onde convivam livros, jogos, mídias sociais. Nesse cenário, o futuro do profissional passa pela formação adequada na graduação, por especializações e pós-graduação

Apresentação: Cibele Araújo Camargo Marques dos Santos

Coordenadora do curso de Biblioteconomia da ECA/USP, professora na graduação e no programa de pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/ECA/USP). Possui experiência profissional como bibliotecária na BIREME da faculdade de saúde pública da USP e da faculdade de medicina da USP

Debatedora – Valéria Valls

Doutorado e mestrado em ciências da comunicação e graduação em biblioteconomia e documentação pela ECA/USP, além de extensão universitária em docência pela FGV. Diretora da Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação da FaRCI/FESPSP, coordenadora acadêmica e docente do curso de graduação em biblioteconomia e ciência da informação e coordenadora de curso e docente de pós-graduação do núcleo de ciência da informação (FaRCI/FESPSP). Docente do MBA em gestão empresarial e Coaching (parceria FESPSPe SLAC). Coordenadora da Região de São Paulo (gestão 2016-2018) da ABECIN, consultora associada em projetos ligados à gestão da qualidade, informação e conhecimento, além de atuar como palestrante nesses temas.

Mediador – Rogério Xavier Neves

Coordenador do curso de Biblioteconomia da UNIFAI. Mestre em educação do grupo de trabalho sobre bibliotecas escolares do CRB/8 e atualmente coordena ocurso de pós-graduação em gestão de arquivos e bibliotecas escolares da UNIFAI.

 

11/08/2018 – Sábado 14:30hs às 16:00 hs.

 TEMA“Ambientes digitais propícios aos livros”

Resumo: Apresenta conceitos de bibliotecas estruturais em formato digital e entorno digital de um serviço de informação e de arquivos digitais.

Apresentação: Charlley Luz

Arquivista, professor da pós-graduação em gestão de documentos da FESPSP e consultor em estratégia de informações e ambientes digitais da Feed Consultoria. Autor dos livros Arquivologia 2.0 e Primitivos Digitais.

                    

Debatedora: Ivani Delamare

Especialista em Gestão da Informação, graduada em biblioteconomia e ciência da informação pela FESPSP. Especialista em implantar gestão documental, GED, BPM em arquivos especializados em Recursos Humanos, Fiscal, Contratos e Acervos Acadêmicos IES. Palestrante ECMMeeting Educação em 2017e 2018. Idealizadora do primeiro curso sobre gestão de documentos acadêmicos em São Paulo, conforme estabelecidos pelo MEC, decreto nº 9.235/2017 e portaria 315/2018.

Mediadora – Ana Claudia Martins

Bibliotecária, formada na FSPSP, possui duas especializações na área da informação, atua há 18 anos na área da biblioteconomia. Foi vice-presidente do Conselho Regional de Biblioteconomia – CRB8, no período de 2015/2017. Especialista em gestão da informação, gestão de documentos arquivísticos e gestão de projetos. Atua também como pesquisadora e produtora cultural. Há seis anos atua como consultora e prestadora de serviços em organização de acervos e informação. Atualmente é diretora executiva da WIFT Brasil

Disponível em: <http://www.crb8.org.br/mesas-redondas-sinbiesp-na-25a-bienal-2018/>. Acesso em: 4 ago. 2018.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Dia do Bibliotecário: Entrevista com José Domingos Brito

Para comemorar o Dia do Bibliotecário, o Mundo Bibliotecário realizou uma entrevista exclusiva com fundador do Sindicato dos Bibliotecários, Cientistas da Informação, Historiadores, Museólogos, Documentalistas, Arquivistas, Auxiliares de Biblioteca e de Centros de Documentação no Estado de São Paulo (SinBiesp), José Domingos Brito!

Confira! Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Notícias

TRT julga dissídio dos Bibliotecários e confere benefícios à classe

Recebido por email…

**********************

O Sindicato, mesmo com poucos bibliotecários participando das assembléias tem algumas conquistas e agora passa a “abrigar” os correlatos (Cientistas da informação, documentalistas, arquivistas, historiadores).

TRT julga dissídio dos Bibliotecários e confere benefícios à classe

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, TRT/SP, julgou procedente a maior parte das reivindicações dos bibliotecários e correlatos (cientistas da informação, documentalistas, arquivistas, historiadores, auxiliares de bibliotecas e de centros de documentação) aprovada em assembleias convocadas pelo SinBiesp.
Os benefícios já estão em vigor – devendo ser implantados DE IMEDIATO pelos empregadores – e são retroativos à data de 1º de setembro de 2010. De acordo com Delano Coimbra, advogado do sindicato, os bibliotecários que não receberam os reajustes e demais benefícios conforme determinou o TRT devem procurar o SinBiesp.
Entre os benefícios estabelecidos pelo tribunal está o novo piso salarial ou salário normativo da categoria, que teve um reajuste de 5% aplicado ao anterior (R$ 1.633,00), levando o novo valor mínimo a ser pago para R$ 1.714,65. Este piso aplica-se a todos os ramos de atividades, visto que foi julgado pela justiça do trabalho. Além desse piso fixado pelo TRT, lembramos que permanecem em vigor até este mês de agosto de 2011 os  pisos fixados nas convenções coletivas de trabalho firmadas com a FIESP (R$ 1.731,00 no caso das indústrias) e com a FECOMERCIO (R$ 1.750,00 no caso de empresas comerciais e de prestação de serviços, que abrange escolas e escritórios de advocacia, entre outras).
Para as mães, a categoria conseguiu avanços como a licença-amamentação de 4 semanas e reajustes no auxílio-creche – as que deixam seus filhos, até seis anos de idade, em creches, terão ajuda mensal de R$ 342,93. Além disso, as gestantes terão estabilidade no emprego durante 60 dias após o término da licença-maternidade.
Os vales-refeição tiveram um ligeiro aumento e passaram para R$ 8,40. O adicional de horas extras é agora de 100% e o adicional noturno, 50%.
Os profissionais que se ausentarem do trabalho por questões de saúde terão complementação do auxílio-doença pelo empregador por até 90 dias, além de garantia de emprego de atédois meses após o retorno.
Os bibliotecários que tiverem mais de 45 anos de idade terão aviso prévio de 45 dias. Os trabalhadores em fase de pré-aposentadoria poderão contar com garantia de emprego.
De acordo com Vera Stefanov, presidente do SinBiesp, é importante que os bibliotecários e correlatos compareçam às assembleias para que as pautas de reivindicações representem de fato seus anseios. “Foi nas assembleias que estabelecemos quais eram as metas prioritárias e conquistamos importantes benefícios à categoria”, salientou Vera.

4 Comentários

Arquivado em Não classificado