MCTI abre processo de escolha de novo diretor para o Ibict

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) comunicou a abertura do processo de escolha do novo Diretor ou Diretora do Ibict. O processo será realizado por um comitê de especialistas nomeado pelo ministro Marcos Cesar Pontes

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) comunicou nesta quinta-feira (10) a abertura do processo de escolha do novo Diretor ou Diretora do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict). 

O processo será realizado por um comitê de especialistas nomeado pelo ministro Marcos Cesar Pontes. A escolha do novo nome terá origem numa lista tríplice encaminhada ao ministro pelo presidente do Comitê de Busca, que buscará identificar, nas comunidades científica, tecnológica e empresarial, nomes que se identifiquem com as diretrizes técnicas e político-administrativas estabelecidas. Este sistema vem sendo praticado pelo MCTI para cargos de direção de todas as suas Unidades de Pesquisa.

O Comitê de Busca para seleção da nova diretoria do Ibict é composto por:Dr. Jorge Vicente Lopes da Silva, do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), que o preside; Profa. Dra. Brasilina Passarelli, da Universidade de São Paulo (Usp); Prof. Dr. Murilo Bastos da Cunha, da Universidade de Brasília (UnB); Profa. Dra. Célia Regina Simonetti Barbalho, da Universidade do Amazonas (Ufam); e a Profa. Dra. Mariângela Spotti Lopes Fujita, da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Conforme o edital, podem se inscrever para o cargo quaisquer cidadãos com notório conhecimento e experiência profissional nas áreas de atuação do Ibict. Além disso, os candidatos precisam possuir um diploma de doutorado emitido por instituição de ensino superior credenciada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) ou reconhecido no Brasil. 

O processo de seleção é composto por análise dos currículos e memoriais escritos dos candidatos, bem como de projeto de gestão, exposição oral pública do projeto de gestão e entrevista individual perante o Comitê de Busca, sendo que as etapas poderão ser realizadas por meio de ferramentas digitais, principalmente enquanto perdurar a emergência de saúde pública de importância nacional ou internacional.

Confira abaixo o cronograma:

11 de março de 2022 – Data limite para recebimento dos documentos pertinentes às inscrições a este processo; 

18 de março de 2022  – Divulgação das homologações das inscrições; 

25 de março de 2022 – Data limite para recepção de recursos às homologações das inscrições; 

30 de março de 2022 – Data limite para confirmação das homologações das inscrições, em função da análise de possíveis recursos; 

31 de março a 8 de abril de 2022 – Período previsto para realização das apresentações orais e entrevistas.

Clique aqui para baixar o edital em PDF. 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: